Equipe multidisciplinar é fundamental para tratamentos de Reprodução Assistida

> Blog

Equipe multidisciplinar é fundamental para tratamentos de Reprodução Assistida

20/11/2017

Você sabia que profissionais e especialistas não apenas da medicina, mas de diversas áreas da saúde e até de outras carreiras trabalham em prol de realizar o sonho das pessoas de terem um filho? Cada profissão tem sua expertise e todas elas são fundamentais. Médicos, biólogos, biomédicos, veterinários… todos contribuem, dentro de sua atividade, para a evolução dos tratamentos de reprodução humana.

“A maior parte do tratamento pode ser realizada pelo ginecologista ou urologista, dependendo da causa da infertilidade, para rastrear e diagnosticar as causas que levaram à dificuldade de engravidar”, explica explica Hitomi Nakagawa, médica habilitada em reprodução assistida da Genesis Brasília. Entretanto, outras especialidades podem participar do processo, como a endocrinologia em casos de redução da obesidade ou equilíbrio metabólico.

Realizar o sonho de ter filhos envolve muitas expectativas e emoções que podem desencadear nos pacientes transtornos psicológicos como depressão e crises de ansiedade. Por isso, o aconselhamento e acompanhamento psicológico durante o período de tratamento é essencial.

O ultrassonografista realiza os exames de ultrassom e a captação dos óvulos na paciente, que é sedada pelo anestesiologista. Em seguida, a equipe de enfermagem acompanha o período em que a paciente permanece na clínica e fornece orientação de cuidados a serem seguidos.

Já durante a coleta ovular, o embriologista – que pode ser biólogo ou biomédico certificado em Reprodução Assistida- recebe o líquido folicular coletado e resgata os óvulos. “Eles serão mantidos na incubadora para equilíbrio da pressão de gases, pH, temperatura até o momento da inseminação, visando as melhores chances de sucesso no tratamento”, ressalta Hitomi Nakagawa.

Além dos profissionais citados, há outros que também podem fazer parte dessa área da medicina, como os geneticistas e até advogados. “A Reprodução Assistida é uma área médica que conta com diversos outros especialistas porque um conjunto muito amplo de fatores devem ser levados em consideração na medicina reprodutiva”, finaliza a especialista.

Mais Notícias

O seu estilo de vida pode afetar a fertilidade

Como a cesariana pode interferir na fertilidade da mulher?

Congelamento social de óvulos permite que mulheres tenham filhos em idade avançada

Novos Tempos: Genesis inaugura expansão para atender melhor seus pacientes

Genesis participa do XI Congresso Paulista de Medicina Reprodutiva

Laboratório de Reprodução Assistida deve atender a todas as etapas do tratamento

Endometriose atinge cerca de 7 milhões de brasileiras e pode provocar infertilidade

Equipe multidisciplinar é fundamental para tratamentos de Reprodução Assistida

#NovembroAzul: congelamento de espermatozoides pode preservar fertilidade masculina

Resolução CFM nº 2.168/2017