Hábitos saudáveis auxiliam na preservação da fertilidade

> Blog

Hábitos saudáveis auxiliam na preservação da fertilidade

22 de junho de 2018

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera infértil um casal que mantém relações sexuais sem métodos contraceptivos durante 12 meses sem engravidar. De acordo com a OMS, há mais de 50 milhões de pessoas no mundo nessa condição, sendo que 8 milhões são brasileiros. Mudanças simples de vida, como adotar hábitos saudáveis e ter acompanhamento médico podem auxiliar na preservação da fertilidade.

“Mesmo as mulheres que desejam ter filhos em idade avançada reprodutiva devem manter um estilo de vida saudável para que mantenham alta qualidade e quantidade dos óvulos, assim como, nenhum outro problema de saúde que possa prejudicar a gestação ou o bebê”, Raquel Guimarães, ginecologista da Genesis Brasília.

HÁBITOS SAUDÁVEIS – “No caso das mulheres, tanto a desnutrição quanto o sobrepeso podem afetar diretamente sua função reprodutora. Isso acontece devido ao desequilíbrio hormonal provocado por estes comportamentos, que acaba determinando uma disfunção nos ovários”, comenta a especialista

A prática moderada de atividade física é uma grande aliada para combater problemas de infertilidade. Isso acontece porque ela pode evitar o sobrepeso e auxiliar numa rotina de vida mais saudável. Entretanto, os exercícios físicos não podem ser extenuantes. “Homens que se exercitam de forma moderada apresentam melhores parâmetros espermáticos do que homens que praticam atividade física extenuante ou atletas, por exemplo”, finaliza Raquel Guimarães.

GENESIS – Com 25 anos de atuação, a Genesis – Centro de Assistência em Reprodução Humana conta com profissionais especializados, formados nos principais centros acadêmicos do mundo para prestar serviços de excelência na área de reprodução humana assistida. Com uma ampla experiência, a equipe Genesis busca constantemente a qualidade em medicina reprodutiva agregando conhecimento e tecnologia e primando pela assistência ética, personalizada, com confidencialidade e foco no melhor resultado para o caso.

Larissa Sampaio
Conversa Coletivo de Comunicação Criativa

Mais Notícias

O que é vaginismo e como isso pode impactar as chances de gravidez

Estudo aponta que mulheres que usam aplicativos para monitorar ciclo menstrual aumentam suas chances de engravidar em até 20%

Entenda como a alimentação pode influenciar na síndrome dos ovários policísticos

Genesis participa do primeiro estudo brasileiro multicêntrico sobre análise embrionária não invasiva

O que você come importa: saiba o que incluir no prato para aumentar as chances de uma gravidez saudável

Pesquisa aponta relação entre idade paterna avançada e maiores taxas de abortamento: entenda

Parte II: Como funcionam os tratamentos de reprodução assistida para a população LGBTQIA+?

Parte I: Como funcionam os tratamentos de reprodução assistida para a população LGBTQIA+?

Infertilidade: saiba mais sobre a condição que atinge cerca de 15% dos casais do mundo

Covid-19 e gravidez: o que se sabe até agora