Cinco conselhos para preservar sua fertilidade em 2020

> Blog

Cinco conselhos para preservar sua fertilidade em 2020

27 de dezembro de 2019

E se, em 2020, você colocasse como meta cuidar da sua saúde reprodutiva? Quanto mais saudável você estiver, maiores as chances de preservar sua fertilidade e, assim, realizar o sonho de ter um bebê no seu melhor momento.

Reunimos cinco conselhos valiosos de profissionais da Genesis que podem ajudar você a ser mais saudável no ano que vem:

1. Faça exames regularmente

A ginecologista Marcella Melo afirma que a melhor forma de preservar a fertilidade é realizar consultas ginecológicas anuais. “Assim é possível prevenir, identificar infecções sexualmente transmissíveis ou não e receber o tratamento adequado”, explica.

 2. Mantenha uma alimentação e um estilo de vida saudáveis

Frutas, verduras, legumes, fibras e muita água devem estar presentes no seu dia a dia para fortalecer sua saúde reprodutiva. “Tudo isso contribui para o bem-estar da mulher”, adiciona Marcella.

Já o urologista da Genesis Joseph Monteiro complementa que atividades físicas e hábitos de vida saudáveis são fundamentais para preservar a fertilidade masculina. “Procure fazer exercício físico regularmente e manter o peso, evite fumar e beber em excesso ou usar anabolizantes e drogas recreativas. Fazendo isso, você estará colaborando para a manutenção da sua qualidade de vida e da sua fertilidade ao mesmo tempo”, explica.  

3. Faça a contagem de folículos antrais

Uma maneira de avaliar o potencial de resposta da mulher a eventuais estímulos ovarianos e com isso, indiretamente, a sua reserva de óvulos. Consiste na realização de um ultrassom na primeira semana do ciclo para avaliar a contagem de folículos antrais. Essa análise avalia o “estoque” de gametas da mulher. “Isso oferece uma perspectiva do potencial reprodutivo e permite avaliar a necessidade de antecipar o planejamento de congelamento de óvulos ou a gestação”, explica o sócio e ginecologista da Genesis, Dr. Adelino Amaral.

4. Fique atenta à idade

A criopreservação de óvulos vem ao encontro do anseio da mulher moderna em postergar a maternidade para um momento mais favorável da sua vida. A embriologista chefe do Laboratório de Reprodução Humana da Genesis, Íris Cabral, atenta para a idade e sua relação com a qualidade dos gametas.

“É muito importante que esses óvulos congelados tenham ótima qualidade para que o laboratório de reprodução assistida possa fazer um bom trabalho. Sabemos que a idade influencia muito na qualidade de gametas, então é fortemente recomendado que as pacientes congelem seus óvulos antes dos 35 anos de idade para que tenhamos mais chances de obter excelentes resultados”, alerta.

5. Não postergue seu sonho!

Planeje-se para ter um bebê. O ginecologista Nicolas Cayres encoraja quem tem esse sonho a não ter receio de procurar ajuda: “Vejo muita gente com dificuldade de procurar um serviço de medicina reprodutiva, e muitas vezes acaba ficando tarde quando a pessoa ou o casal acaba tomando essa decisão. Então o meu recado vai para você, mulher que quer ser mãe solo, casal homoafetivo, homem trans, mulher trans: na Genesis, nós podemos  lhe ajudar num contexto personalizado para você. Não tenham vergonha de procurar um serviço de medicina reprodutiva”,  incentiva.

 

Por Gabriela Brito Conversa | Estratégias de Comunicação Integrada

Mais Notícias

Saiba como infecções sexualmente transmissíveis interferem na fertilidade

Resultado da seleção do Programa de Estágio Avançado 2020

Quais são os indicadores de sucesso de uma fertilização in vitro?

Menopausa prematura: e se eu ainda quiser ter filhos?

Comum no verão, candidíase diminui chances de engravidar

Participe do Programa de Estágio Avançado da Genesis em 2020! Inscrições de 2 a 31 de janeiro

Cinco conselhos para preservar sua fertilidade em 2020

Congelamento de óvulos: o que você precisa saber

Entenda os parâmetros legais para o congelamento de gametas e embriões

Como a reprodução assistida pode ajudar pessoas com HIV?